sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O LADO B DA BÍBLIA V - ISRAEL X PALESTINA


por Valden Rocha

Nesses últimos meses temos acompanhado pelos meios de comunicação o massacre que vem ocorrendo na faixa de Gaza, entre os fundamentalistas do Hamas e o povo escolhido de Deus, os Israelitas.
Quando pensei em escrever algo a respeito, não queria cair nas avaliações que vemos todos os dias nos rádios, tv´s e jornais impressos. Na verdade, desde do dia em que venho acompanhando essa guerra desigual, onde centenas de pessoas inocentes já morreram, principalmente crianças e jovens, eu não consigo parar de pensar no que diz a bíblia do povo que Deus escolheu, o povo de Israel.
No velho testamento, fica muito evidente que o povo de Israel tinha o “de acordo” celestial para matar, saquear, humilhar, escravizar e abusar sexualmente dos povos conquistados, como veremos nessa passagem bíblica que citarei, no livro de Deuteronômios 3.

Os Israelitas derrotam o rei Ogue
“...O senhor Deus me disse: Não tenha medo, pois eu farei com que você derrote Ogue e seu exército.....”
“...O Senhor, nosso Deus, fez com que derrotássemos Ogue e todo seu exército, e nos matamos todos, sem deixar ninguém vivo...”
“...matamos todos os homens, mulheres e crianças.....”
“...ficamos com o gado e os objetos de valor que encontramos nas cidades...”

Outra passagem que me vem à memória é a luta de Davi e o Gigante Golias. Davi sendo um dos escolhidos derrota o Gigante Golias com uma pedra.
Hoje o que vemos é o massacre do Davi com todo poderio bélico contra um povo que nem de longe lembra o Gigante derrotado, até porque são eles que atiram pedras contras os tanques iraquianos, patrocinados pelo povo norte americano, que também se julgam o povo escolhido.
Não tenho dúvidas que milhões de mulçumanos em suas mesquitas estarão louvando a Alá por paz;
E que em várias sinagogas pelo mundo, estarão rezando pra Deus, para que Ele detenha essa guerra;
E que em algum momento, os católicos estarão ouvindo o representante divino na terra, o Papa, pedido paz para os povos, em vários os idiomas, e muitos deles atendendo ao chamado pela paz;
E que os evangélicos, em seus templos, e muitos deles ao fundo uma bandeira de Israel , orando pela paz na terra.
Mas não podemos nos esquecer, que essa guerra se faz com os fundamentalistas mulçumanos amarrados com bombas em seu corpos, com judeus fortemente armados e com o patrocínio do maior país cristão do mundo, os norte americanos.
Que Deus, seja lá Ele qual for, toque os corações e dele tire o ódio e deixe a paz.

2 comentários:

Marcos Afonso disse...

Comandante Valber!

Já que você reproduziu o brilhante texto sobre o Natal, sugiro que tu postes outro tão importante quanto, esse sobre a crise no Oriente Médio, também de SARAMAGO.
Com certeza você já o leu, mas tem muito neandertal por aí que precisa dele!

Grandíssimo abraço e a luta continua!

CLENILSON BATISTA disse...

ao ler o texto meio veio a pergunta: Que tipo ser é esse sente prazer com massacre humano?
Que se alegra com essas guerras homicidas? Quem lucidez é essa? Onde tá a tal lógica? Bem vindos ao hospicio racionalismo capitalista.
Um abraço, meu irmão de planeta.
Obs. O meu endereço eletrônico é clenilson.acre@gmail.com
manda o teu e-mail que te mando a lenda dos beija-flores, é uma história que tem tudo a ver com esse papo de religião que voce desenvolve.