domingo, 26 de abril de 2009

DEUS NÃOÉ SURDO


A rua onde moro tem aproximadamente 250 metros, é uma rua sem saída, e existem três igrejas evangélicas e que durante a semana toda tem atividade, enquanto uma descansa a outra “vara” a noite em plena atividade, e ás vezes as três ao mesmo tempo.
E nas ruas paralelas tanto da direita quanto da esquerda existem mais 6 igrejas evangélicas.
Com surgimento de tantas igrejas, fico imaginando aquela fila quilométrica na porta do céu, pessoas com barracas, com sanduíches, dormindo na fila, famílias inteiras esperando a última checagem no portal celestial, só conferindo pequenos detalhes para ascensão ao paraíso.
Bom! A única coisa que sei é que posso até não ir para o céu, mais que minha rua oferece as passagens e o caminho para o paraíso, é certo. Só não vou se não quiser.
Só acho que o único pecado cometido pelas igrejas é achar que Deus é surdo, e que para louvá-lo e necessário gritar tanto e o volume do som das bandas serem tão alto, e diga de passagem, muitas delas são horríveis. Mais tudo bem, apesar do calor, fecho as portas e as janelas pra tentar assistir a TV e esperar que o calor dentro de casa aumente consideravelmente. Fechado dentro da minha casa, ouvindo uma musica ou assistindo televisão em um volume que não incomode meus vizinhos e respeitando os horários, enquanto isso as igrejas com todas as portas abertas e um poderio de som com bateria, guitarras e normalmente uma dupla puxando os cânticos em alto volume.

Sinceramente! Daria pra diminuir só um pouquinho o volume pessoal?

10 comentários:

Anônimo disse...

Concordo Valden. Infelizmente nos tornamos reféns de situações como esta.Talvez enquanto se esforçam tanto no louvor, suas famílias estejam desajustadas.

Paulo disse...

Rapaz, o negócio é muito sério. Esses que se consideram salvos, buscam de todos os meios para alardear aos "quatro cantos" que são evangélicos, porém detentores da mais alta moralidade e lisura de caráter... Tisc... Tisc... Na mais sua vã ignorância, esses irmão deveriam respeitar a individualidade e a paz dos outros irmãos.

Anônimo disse...

Meu irmão, que bom que vc já percebeu que só não vai pro céu se não quiser...Sugiro que você faça uma visita o quanto antes a uma destas igrejas para perceber a presença de Deus e ver por que a uforia lá dentro. Tenho certeza que vocÊ não vai se arrepender. Não sei qual o livro, mais está escrito na Bíblia: " Eis que estou à porta e bato, se você abrir, entrarei e cearei contigo..." este que bate é Jesus , e a porta é teu coração, ele só entra se você permitir.

Olegas disse...

Uforia? É...deve ser mesmo uma revelação do outro mundo!

Há uma pequena diferença entre bater à porta e invadir...

Fábio Porto disse...

E pensar que por alguns dias ainda cheguei a ser dono de um terreno nessa mesma rua hein Valden! :] ... o pior eh que não é um problema exclusivo da sua rua, isso vem ocorrendo frequentemente em todos os bairros do país (tenho a minha igrejinha particular em frente ao meu prédio aqui em Águas Claras/DF também). Entendo que a pessoal das igrejas tem se empenhado bastante para arrebanhar novos fiéis, mas à força acaba sendo demais mesmo =) Se exigem respeito, poderiam ao menos respeitar também.


Um grande abraço à toda a família Rocha!

Fábio Porto disse...

Hey Valden, hoje fui à igreja, coisa que faço raramente, é verdade, mas fui, e lá uma mensagem me lembrou desse teu post. Quem sabe você não pode usá-la como argumento para "combater" os fiés da sua rua. Trata-se do texto de Mateus, Capitulo 6º, versículos 5 e 6, que dizem:

Mateus 6

5 E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.

6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

Como vc mesmo disse... Deus não é surdo... =)

Abraço do amigo paraibano,

Fábio Porto.

Anônimo disse...

Acho mesmo querido que vc combate muito os evangélicos,acho que seja um problema muito sério este...sugiro que vc procure ajuda especilalizada pois acho que vc sente uma ponta de inveja da felicidade deles,no minímo vc deve ter uma familia desestruturada,deve ter amantes enquanto sua esposa de uma vida inteira sofre...imagino que sinta um vazio existencial,e como o ser humano tem esse péssimo hábito de denegrir a felicidade dos outros enquanto ele mesmo não é feliz,vc os combate...mas amigo vá um dia lá,não tenha vergonha...imagino que vc os destrata mais se um dia vc se encontrar cara a cara com a morte,um câncer ou algo do genero tenho certeza que DEUS será sua primeira e muito urgente providência...

fica com DEUS irmão....

Joelma Dantas disse...

Interessante como vc não acha chato o barulho de botecos e baladas do genero :"créuuuuuuu"""
como estamos em um país democrático,cada um curte o que o faz feliz..e se vc não gosta tem quem goste..mas se digne pelo menos a respeitar a crença dos outros,pois se vc acredita que veio do macaco,problema é seu que tem mente de chipanzé,só respeite quem tem inteligencia o bastante pra perceber que uma obra tão perfeita e complexa como o ser humano só pode ter sido planejada por uma inteligência infinitamente superior e não por um mero aperfeiçoamento da éspecie..até pq, eu penso que se viemos dos macacos ..pq ainda existem macacos???

patético....

bjinho da princesa

Joelma Dantas disse...

Errata: eu escrevi errado chimpanzé é o nome correto e não chipanzé...perdoe-me o lapso.....
kkkkkkkkkkkkkkkkk

Valden disse...

Para os leitores que preferem fazer uma discussão sem um principio ético, não esperem de mim um debate, afinal não levaria a nada, pois são só levados ao fantismo e a intolerância fundamentalista, e antes que vcs amarrem uma bomba na cintura e se detonem, o melhor é buscarem outros blogs que enaltecem sacis, minotauros, papai noel, fadas, mulas-sem-cabeça, deus sol, SHEHA e outros seres imaginarios.